Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Efetuar Logon
Login:
Senha:
mais notícias »
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015
Ministra defende fortalecimento da rede de proteção de crianças e adolescentes durante ato no Rio de Janeiro


A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR)
, Ideli Salvatti, lançou nesta terça-feira (10) a Campanha de Carnaval pelo Fim da Violência Contra Crianças e Adolescentes no Rio de Janeiro.

Na cerimônia, a ministra afirmou que é preciso união entre governo federal, estados e municípios para consolidar a rede de proteção a crianças e adolescentes. A Ministra destacou ainda o papel dos poderes legislativo e judiciário na construção de um pacto nacional contra a violência. "Os nossos brasileirinhos e brasileirinhas são detentores de direitos e merecem respeito, atenção e políticas públicas adequadas para o fortalecimento dessa rede de proteção", disse a ministra.
Segundo a ministra, o foco da campanha, que será realizada até o dia 22 de fevereiro,  é conscientizar as pessoas sobre a importância de denunciar possíveis casos de violação de direitos da população infanto-juvenil por meio do Disque 100. "Precisamos através dessa campanha, que é permanente, reforçar nosso sistema de registro de denúncias. Queremos todos os brasileiros alertas. A sociedade tem que criar o hábito de prestar atenção e denunciar", complementou.
Em 2004, o Rio de Janeiro foi o segundo estado com o maior número  de denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes registradas pelo disque 100, com cerca de 10,5 mil casos denunciados somente em 2014. O primeiro é o estado de São Paulo.
Além da ministra, participaram do lançamento da campanha no Rio,  a secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos,   Tereza Consentino, e a subsecretária da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Olga Salgado Castro, entre outras autoridades locais.
Com o tema "Não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie. Proteja nossas crianças e adolescentes da violência", a campanha  aborda o enfrentamento a diversas violações, como a violência sexual, os maus tratos e a negligência. A ação destaca, ainda, o Disque 100 como o principal canal de denúncias, além dos conselhos tutelares.
Fonte: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR)
LEDES.NET

© CopyRight 2011 ¤ Programa Escola de Conselhos
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul ¤ Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis
Cidade Universitária ¤ Caixa Postal 549 ¤ CEP 79070-900 ¤ Campo Grande, MS - Brasil
Telefone/Fax: 67 3345-7724 ¤ escoladeconselhos@ufms.br